quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Paulo André quer elenco 'preservado' em reta final: 'Respeitar a torcida'

Zagueiro entende patrulha de torcedores na noite paulistana, e diz que fatores dentro de campo ocasionaram queda de rendimento do time


Por Diego Ribeiro
São Paulo

 
O zagueiro Paulo André espera que o elenco do Corinthians se preserve durante a má fase no Campeonato Brasileiro. Muito longe de uma vaga na Taça Libertadores, os jogadores do Timão vêm sendo cobrados de forma dura pela torcida, que até criou uma espécie de patrulha para detectar possíveis excessos de alguns atletas na noite de São Paulo. Experiente, Paulo André não tirou a razão dos torcedores.

Com apenas 41 pontos na tabela do Brasileirão e eliminado da Copa do Brasil, o Corinthians vive um segundo semestre conturbado em 2013. Para o zagueiro, a missão é terminar a temporada com dignidade e evitar motivos para mais reclamações dos alvinegros.

- Eles estão no direito de fazer o movimento que quiserem. Estou tranquilo porque não vou para a balada, faço as coisas da minha casa. Para jogar no Corinthians e receber o salário que se recebe, devemos entender a responsabilidade de vestir essa camisa. Com equilíbrio, você pode tomar cerveja, vinho, ir para o pagode... Mas vamos respeitar a torcida nesse momento, trabalhando e ficando em casa – afirmou Paulo André.


Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

- A maioria dos seres humanos em suas profissões não tem esse comprometimento. Mas está melhorando – completou.

O zagueiro entende que diversos fatores levaram o Timão a essa atual crise técnica. Apenas negou que o elenco tenha se acomodado após as grandes conquistas dos últimos anos – casos principais de Taça Libertadores e Mundial de Clubes, ambos em 2012.

- Perdemos peças de reposição, o Renato Augusto ficou a maior parte do tempo fora, o Pato também. Perdemos Jorge Henrique, Chicão, Paulinho... A soma de vários fatores ocasionou uma queda de rendimento que não conseguiu ser suportada pelo elenco. Mas vejo muita gente dizendo que não queremos nada com nada. Quem conquista dois títulos no ano não pode ser acusado disso – avisou o zagueiro.

O Corinthians ganhou o Campeonato Paulista e a Recopa Sul-Americana nesta temporada. No entanto, deve ficar sem seu principal objetivo no ano: uma vaga na Taça Libertadores de 2014. Faltam sete jogos no Brasileiro, e a equipe está a 11 pontos do Atlético-PR, atual quarto colocado na tabela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário